Cadastre-se e receba com exclusividade nosso informativo de novidades por e-mail!

Você está em: Montanha
SAUDADES DO MATÃO PDF Imprimir E-mail
Montanha
Escrito por Mario Soares   
Sáb, 21 de Março de 2009 20:35

Por Mario Soares Foto arquivo Web

papagaiomatocorte2

Pico do Papagaio fonte Web

Aproveito esse espaço que o Brasil Vertical concede aos “normais”, para contar uma aventura que eu vivenciei junto com meus primos, na fazenda de nossos tios, perto do Pico do Papagaio, em Minas Gerais.

Quando éramos crianças, eu e meus primos, passávamos as férias de inverno nesta fazenda, que era para nós uma terra cheia de aventuras e mistérios. Na fazenda, nossos parentes que lá viviam, eram para nós, referência de uma outra vida possível e maravilhosa e apoiavam toda e qualquer idéia que tivéssemos. Acampavamos, andavamos a cavalo, pescavamos, nadavamos nos riachos, fazíamos longas caminhadas e comíamos verdadeiros banquetes e o que era melhor, todos os dias que lá estivéssemos.

Um dos locais preferidos por nós, era a Pedra Preta, que ficava numa parte alta de onde avistávamos a sede da fazenda. A pedra ficava no meio da mata e era coberta de vegetação e tinha uma faixa de 10 metros de largura limpa de vegetação, que ia até o topo. Os primeiros 10m de altura era levemente deitada para traz, lisa e úmida, pois o sol não a alcançava, por causa das árvores, o resto da parede era vertical e só no final ela deitava um pouco. Naquele local fazíamos nosso acampamento preferido e o desejo de subir aquela pedra, sempre se revelava a cada acampamento e já havíamos tentado por todos os lados, mas a vegetação, musgo, limo e umidade, não permitiam e para nós era como uma missão incompleta.

Leia mais...
 
A Arte do Improviso PDF Imprimir E-mail
Montanha
Escrito por Rodrigo Vasconcellos   
Sáb, 29 de Agosto de 2009 15:56

DICAS NA MONTANHA: "A ARTE DO IMPROVISO"
por Rodrigo Vasconcellos

Quem já não vivenciou uma situação onde é necessário costurar algo e esqueceu se de trazer agulha e linha de costura,

Leia mais...
 
AGULHAS NEGRAS-PRATELEIRAS E TRAVESSIA REBOUÇAS MAUÁ EM 2 DIAS (SEM QUERER!) PDF Imprimir E-mail
Montanha
Escrito por Alexandre Charão   
Seg, 15 de Abril de 2013 20:37

141

Alexandre Charão no Parque Nacional do Itatiaia - foto arq. pessoal

O feriado de Páscoa foi bem aproveitado este ano! Em vez de ovos do coelhinho descobrimos os Ovos da Galinha, na Travessia Rebouças-Mauá via Rancho Caído. Tudo começou com um email da Kate Benedict, divulgando que o Centro Excursionista Guanabara estava organizando uma "invasão" no Parque Nacional de Itatiaia e que ainda havia vagas no Abrigo Rebouças. Há 20 anos que frequento o PNI e percebi que esta era a chance de conhecer o Rebouças por dentro, ao invés de só olhar pelas janelas. Além disto ficaríamos bem perto do início da trilhas para as Agulhas Negras e mais para o fim da estrada que vai para as Prateleiras, o que reduziria o tempo de caminhada. Calculei que daria para subir as Agulhas e voltar ao refúgio em 4 horas e calculei o mesmo tempo para ir e voltar às Prateleiras. Foi este o tempo que fizemos! 

Leia mais...
 
<< Início < Anterior 1 2 Próximo > Fim >>

Página 2 de 2
Apoio
Divulgação
© 2008 - Brasil Vertical Escalada e Montanhismo